Key Message Update

Average Season B harvests despite renewed hostilities in the east of the country

Julho 2019

Julho - Setembro 2019

Carte de la Sécurité alimentaire courante, Juin 2019: Minimal (IPhase 1 de l'IPC) dans le nord, Stresse (Phase 2 de l'IPC) dans le plupart de l'est, (IPC Phase 3) dans partis de Nord Kivu, Sud Kivu, Ituri, des Kasais, et Haut Katanga, Crisis (IPC Phase 3!) dans partis des Kasais

Outubro 2019 - Janeiro 2020

Carrte de la Sécurité alimentaire courante, Juin 2019: Minimal (IPhase 1 de l'IPC) dans le nord, Stresse (Phase 2 de l'IPC) dans le plupart de l'est, Stresse (IPC Phase 2!) dans partis des Kasais, Crisis (IPC Phase 3) dans partis de Nord Kivu, Ituri, des Kasais

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Não mapeado
Poderia ser pior sem a assistência humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar. FEWS NET mapeia apenas a metade leste da RDC.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Não mapeado
Poderia ser pior sem a assistência humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar. FEWS NET mapeia apenas a metade leste da RDC.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

Países com presença:
1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Países sem presença:
1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
Não mapeado
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

As mensagens-chave

  • The spread of the Ebola virus (Ebola) disease outbreak and its declaration as a global emergency is likely to undermine existing trading systems and could lead to restrictions on the movement of people and their goods. In the medium term, this situation could affect food availability in the affected areas due to the reduction in area planted. 

  • The escalation of violence by armed groups in the Fizi territory of South Kivu province since March 2019 has spread to other surrounding territories (Uvira, Mwenga, Kabambare), with 10,000 newly displaced people having abandoned their crops in this area, which is also experiencing a resurgence of measles and cholera outbreaks. This situation will likely lead to poor agricultural recovery and below-average Season A crop production.

  • Crop losses due to the presence of the mealybug or white fly locally called "Mombolenge" in the territories of Kailo, Kibombo and Pangi in the province of Maniema, as well as various small ruminant epizootic diseases, have ravaged more than 3,500 hectares of cereals, affecting some 4,800 households in the above-mentioned territories. These two shocks have exacerbated the food insecurity situation in this region, which already has nearly 54,000 displaced people.

  • Since September 2018, the territories of Djugu, Mahagi and Irumu in Ituri province have been operating in an atmosphere of acute and prolonged violence following intermittent clashes between FARDC and armed groups. These abuses have resulted in crop looting, livestock theft and destruction of community infrastructure. About 2,000 people also fled to Uganda, mainly to the towns of Ntoroko, Kisoro, Nakivale and Tchaka. This situation makes it impossible for the normal resumption of agricultural activities, and it is likely that there will be a sharp drop in agricultural production in this region at the end of the agricultural season.

About FEWS NET

A Rede de Sistemas de AlertaPrecoce de Fome é líder na provisão de alertas precoces e análises relativas à insegurança alimentar. Estabelecida em 1985 com o fim de auxiliar os responsáveis pela tomada de decisões a elaborar planos para crises humanitárias, a FEWS NET provê análises baseadas em evidências em cerca de 35 países. Entre os membros implementadores refere-se a NASA , NOAA, USDA e o USGS, assim como a Chemonics International Inc. e a Kimetrica. Leia mais sobre o nosso trabalho.

  • USAID Logo
  • USGS Logo
  • USDA Logo
  • NASA Logo
  • NOAA Logo
  • Kilometra Logo
  • Chemonics Logo