Key Message Update

Delays in agricultural activities and in the development of crops

Julho 2019

Julho - Setembro 2019

Résultats de la sécurité alimentaire estimés en juin à septembre 2019: Crise (Phase 3 de l'IPC)

Outubro 2019 - Janeiro 2020

Résultats de la sécurité alimentaire estimés en juin à septembre 2019: Crise (Phase 3 de l'IPC)

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Poderia ser pior sem a assistência humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Poderia ser pior sem a assistência humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
A maneira de classificação que utiliza FEWS NET é compatível com a IPC. A análise compatível com a IPC segue os protocolos fundamentais da IPC mas não necessariamente reflete o consenso dos parceirosnacionais com respeito a segurança alimentar.
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

Fases de Insegurança Alimentar Aguda baseadas em IPC v3.0

Países com presença:
1: Minima
2: Stress
3: Crise
4: Emergência
5: Fome
Países sem presença:
1: Minima
2: Stress
3+: Crise ou pior
Poderia ser pior sem a assistência
humanitária em vigor ou programad
Para os países de Monitoreo Remoto, FEWS NET utiliza um contorno de cor no mapa IPC para representar a classificação mais alta da IPC nas áreas de preocupação.

As mensagens-chave

  • Terrorist attacks and threats continue to lead to internal population movements to urban centers. In and around Soum Province, IDPs now constitute 20 percent of the population, and are dependent on humanitarian assistance for food since they have lost their livelihoods as a result of their livestock being looted and their homes and food stocks being destroyed. The distribution of humanitarian food assistance is being hampered by the ongoing insecurity, and food assistance is only reaching 10 percent of the population in these areas currently facing Crisis (IPC Phase 3) outcomes.

  • In the northern half of the country most affected by insecurity, host households’ and IDPs’ access to markets is reduced due to threats from armed groups, as well as the lack of money, due to loss of assets, to purchase food at markets. Main livestock and cereal markets are functioning well, but secondary markets are more isolated and inaccessible communes are experiencing supply disruptions and are also not frequented by households as often as normal. The reduction in flows from production areas, coupled with low demand, have led to an unusual drop in food prices of 20 to 30 percent in some markets in production areas, and 10 to 20 percent in less-accessible areas, compared to the five-year average.

  • The rainy season started off poorly with irregular rainfall in June that continued into the beginning of July. This led to cereal planting delays of 10 to 20 days. In the northern half of the country, ongoing displacement and insecurity prevent agricultural activities from being carried out or limit households to the cultivation of legume and other vegetable crops that can be grown closer to homes. As a result, the area sown for cereals may be below-average, but near normal for legumes that were sown on time and prioritized in these insecure areas.

About FEWS NET

A Rede de Sistemas de AlertaPrecoce de Fome é líder na provisão de alertas precoces e análises relativas à insegurança alimentar. Estabelecida em 1985 com o fim de auxiliar os responsáveis pela tomada de decisões a elaborar planos para crises humanitárias, a FEWS NET provê análises baseadas em evidências em cerca de 35 países. Entre os membros implementadores refere-se a NASA , NOAA, USDA e o USGS, assim como a Chemonics International Inc. e a Kimetrica. Leia mais sobre o nosso trabalho.

  • USAID Logo
  • USGS Logo
  • USDA Logo
  • NASA Logo
  • NOAA Logo
  • Kilometra Logo
  • Chemonics Logo